Qual faculdade fazer

Qual faculdade fazer? 6 fatores para ter em mente ao escolher o curso 🎓

O momento de escolher qual faculdade fazer está se aproximando e você ainda está cheio de dúvidas? Isso não é motivo para desespero, pois a maioria das pessoas passa pela mesma coisa.

A boa notícia é que você não precisa ficar angustiado na hora de tomar essa decisão. 

É claro que se trata de uma escolha importante para o seu futuro. Mas saiba que ela pode ser tomada com a segurança que você deseja.

Quer saber como? Então confira a seguir as dicas do post de hoje!

6 dicas para você descobrir qual faculdade fazer

Talvez ninguém ainda tenha contado para você sobre a importância de levar certos fatores em consideração. Agora, você vai descobrir quais são eles:

1. Tente conhecer a si mesmo

Você sabe quais são as suas maiores habilidades? No que você costuma se destacar? Já parou para pensar nisso? Essa é a hora!

Algumas características podem dizer muito sobre o seu perfil e ajudar você a tomar uma decisão com segurança.

Se você sempre gostou de desenhar, por exemplo, fazer um curso de artes visuais ou design pode ser uma das suas vocações. 

Ainda, se as tecnologias e o universo digital chamam a sua atenção, estudar produção multimídia, design de games ou mídias sociais digitais fazem parte das possibilidades.

2. Veja como anda o mercado de trabalho

Outro ponto importante é pesquisar sobre o mercado de trabalho. 

Isso porque o cenário atual pode dar a você algumas pistas de qual faculdade fazer, dependendo de onde estão as melhores oportunidades.

Vale a pena ficar por dentro das profissões do futuro e fugir do risco de escolher carreiras que devem desaparecer em breve. Saiba que isso acontece tanto pela saturação do mercado quanto por conta dos avanços tecnológicos.

3. Não deixe se levar pela pressão dos outros

Quando o momento de escolher uma profissão se aproxima, o que não falta é gente dando opinião — talvez você já esteja passando por isso.

Mas a maior pressão costuma vir da família. Afinal, é normal que os pais se preocupem com o futuro dos filhos, esperando que eles escolham profissões renomadas.

Apesar de ser difícil não levar a opinião dos outros em consideração, tente não se render à pressão. Só quem é capaz de decidir qual faculdade fazer é você mesmo.

4. Troque ideia com profissionais

Caso você já esteja cogitando fazer um certo curso, procure profissionais da área para conversar, entender como é o dia a dia da profissão e conhecer os desafios que eles enfrentam.

Trocar ideia com quem está no mercado há algum tempo é uma maneira de conhecer aspectos sobre a carreira que você não vai encontrar fazendo uma pesquisa na internet.

5. Dinheiro não é tudo

Sempre vão existir profissões que pagam melhor que outras e oferecem ótimas oportunidades. Mas isso não deve ser um critério na hora de escolher qual curso fazer. 

Afinal de contas, um bom salário não é suficiente para fazer alguém feliz.

É normal que você se sinta inseguro em seguir uma profissão não muito rentável ou que não tenha tanto reconhecimento quanto outras mais tradicionais. Porém, não se esqueça que fazer o que gosta é o mais importante.

Até porque escolher uma profissão menos valorizada não significa que você vai ganhar mal. 

Quando uma pessoa estuda em uma instituição de qualidade e tem amor pela profissão, as chances de ela construir uma carreira de sucesso e ter ótimos salários são grandes.

6. Saiba que você pode mudar de ideia

Não pense que é impossível mudar os rumos profissionais, pois muita gente faz isso. Ou seja, caso você escolha um curso e acabe não curtindo tanto quanto imaginava, você tem todo o direito de mudar de ideia.

O que ninguém deve fazer é viver frustrado por não ter feito a escolha perfeita logo de cara.

Até mesmo depois de já estar no mercado de trabalho, nada impede você de fazer outros cursos e tentar ter uma profissão diferente. Assim como as pessoas, as escolhas mudam também.

Qual faculdade fazer

Fique por dentro de alguns fatos sobre a vida na faculdade

Fazer uma graduação é bem diferente da experiência que você teve na escola até agora. 

Veja, aqui, algumas coisas que você precisa saber para chegar preparado para essa nova etapa da vida:

Estudar aos finais de semana faz parte

Apesar de os colégios serem bastante exigentes, a faculdade costuma ser ainda mais.

Isso porque, além de o volume de conteúdo das disciplinas ser grande, a graduação está preparando os estudantes para a vida profissional. Ou seja, a exigência deve ser alta.

Por isso, matéria para estudar é o que não falta assim como provas e trabalhos em grupo. Portanto, de vez em quando você vai precisar passar o final de semana estudando. E isso faz parte da vida de todo universitário.

Nem todas as disciplinas são legais

Outro fato que você tem que conhecer é que, muito provavelmente, você não vai curtir todas as disciplinas do curso. 

Mas tenha uma certeza: todas as matérias que estão na estrutura do curso são importantes para o seu aprendizado e, consequentemente, para a sua carreira.

Por mais que você tenha total certeza sobre a escolha da faculdade, isso não significa que todas as matérias vão ser interessantes para você.

Sendo assim, chegue preparado para lidar com isso. Mas ainda que você tenha que estudar assuntos que você não goste tanto assim ou não tenha facilidade, isso vai fazer parte.

Faltar nas aulas não é uma opção

Quando você entrar na faculdade, você vai perceber que não existe uma “fiscalização” como na escola. Ninguém vai cobrar sua presença ou ligar para saber por que você não foi às aulas.

Entretanto, isso não é motivo para desleixo. Isso porque o excesso de faltas em uma disciplina pode fazer com que você seja reprovado. E ninguém quer fazer uma mesma matéria de novo por conta de faltas, certo?

Ficou mais fácil decidir qual faculdade fazer?

Você deve ter percebido que não há uma resposta pronta para a pergunta sobre qual faculdade fazer. No entanto, a ideia do post foi apresentar algumas dicas que vão ajudar você a conquistar a segurança que tanto precisa nesse processo.

Bora acompanhar as novidades sobre a vida de estudante? É só seguir a Belas Artes no Instagram e no Facebook!

Postar comentário