Designer

Profiss√£o designer: saiba tudo sobre essa carreira ūüĖĆÔłŹūüíĽ

Ser designer parece uma boa ideia? Se você está pensando em seguir essa profissão, vale a pena entender mais sobre ela antes de começar a dar os primeiros passos na carreira.

Isso porque existem v√°rias ramifica√ß√Ķes do design. Cada uma delas trabalha com objetos totalmente diferentes.

Mas antes de conhecer melhor esses ramos, você vai conferir mais sobre o conceito de design e o que fazem os profissionais da área.

Venha com a gente!

Você sabe o que é design?

O trabalho de um designer tem o prop√≥sito de melhorar diversos aspectos de um produto. √Č uma forma de adicionar ainda mais valor a eles por meio do visual, conforto, seguran√ßa e satisfa√ß√£o do consumidor.

Foi na busca de melhorar produtos que o design surgiu. Com o tempo foi se aprimorando, desenvolvendo e ramificando.

Trata-se de uma das profiss√Ķes do futuro!

Hoje, boa parte das empresas usam o design como uma ferramenta poderosa para se diferenciar das concorrentes. Ou seja, é um jeito de se destacar e, ao mesmo tempo, oferecer mais do que apenas um produto.

Afinal, o designer é capaz de associar um objeto tanto a necessidades quanto também a ideias, conceitos e valores.

Em parceria com profissionais de outras √°reas, o designer desenvolve projetos de produtos. E, no campo das ideias, n√£o existem limites! 

Por isso, a criatividade conta muito aqui.

Tanto que a inovação é elemento fundamental para o sucesso dos designers. Ela aparece não só na criação de novos produtos mas também no uso diferenciado de materiais e processo de fabricação.

Quer ser designer? Veja 5 áreas para você escolher

Embora o nome dado ao profissional seja o mesmo, os designers podem trabalhar em √°reas bem diferentes. Por isso, na hora de procurar o ensino superior, voc√™ vai ver que as faculdades oferecem algumas op√ß√Ķes.

Qual ser√° que tem mais a ver com voc√™? √Č o que voc√™ vai descobrir a seguir.

1. Design de Interiores

Quem decide ser Designer de Interiores geralmente é aquela pessoa que sempre se interessou por decoração e transformação de espaços.

√Č esse profissional quem define o estilo, cores usadas, m√≥veis, objetos de decora√ß√£o etc. Mas fique sabendo que a √°rea n√£o se resume a apenas embelezar os ambientes.

Tornar o ambiente confortável, eficiente e funcional também faz parte dos objetivos do design de interiores.

Al√©m disso, muitos projetos buscam respeitar o bem-estar das pessoas e o meio ambiente. Para isso, o designer precisa levar em conta aspectos culturais, est√©ticos, econ√īmicos, ergon√īmicos, entre outros detalhes.

Alguns profissionais preferem trabalhar mais na área de pesquisa, geralmente com foco na criação de tendências, o que também é bem interessante.

2. Design de Produto

A criação de qualquer produto tem o trabalho de um designer por trás. E não se trata só de estética, mas também tem a ver com a segurança, necessidades do consumidor, funcionalidade, entre outros aspectos.

Por isso, o Designer de Produto pode trabalhar em v√°rias ind√ļstrias, como a de eletr√īnicos, carros, m√≥veis, embalagens e eletrodom√©sticos, por exemplo. Tem espa√ßo tamb√©m nos setores de maquin√°rios agr√≠colas, motores, automa√ß√£o, ferramentas e equipamentos de sa√ļde.

H√° ainda quem prefira trabalhar com foco na criatividade e inova√ß√£o, desenvolvendo novas solu√ß√Ķes para uma s√©rie de necessidades. Esse √© o caso, por exemplo, das solu√ß√Ķes criadas para o mundo digital.

O designer contribui para o desenvolvimento de aplicativos, plataformas, softwares e sites que facilitem a vida das pessoas em relação ao transporte, compras, prática de esportes, organização, etc.

Isso geralmente envolve uma boa compreens√£o do comportamento humano. E, sobretudo, essas solu√ß√Ķes se preocupam em proporcionar uma experi√™ncia positiva para o consumidor.

Designer de produto

3. Design de Games

Quem disse que toda a sua experiência com games não valeria de nada? Se você adora jogos, a área de Design de Games dá a você a oportunidade de trabalhar com o que gosta.

Aqui, o trabalho do designer é projetar o jogo, o que inclui a criação da história, personagens e programação de gráficos. Já imaginou desenvolver um game do zero?

√Č claro que para isso o profissional precisa mandar bem nos conhecimentos t√©cnicos. Isso porque ele trabalha n√£o s√≥ com programa√ß√£o, mas tamb√©m com ilustra√ß√£o, anima√ß√£o, roteiro e por a√≠ vai.

Além dos games, a área se dedica a outros produtos, como os sistemas de realidade virtual, simuladores para diferentes dispositivos e experiências imersivas.

N√£o basta s√≥ botar a m√£o na massa. O Designer de Games ainda precisa trabalhar com estudos e pesquisas para entender mais sobre o p√ļblico do jogo e as tend√™ncias de mercado.

4. Design de Moda

Para ser designer de moda, desenhar e ter bom gosto não é suficiente. Até porque a área não se limita apenas à criação de roupas, estampas e acessórios.

Quem se forma na √°rea pode trabalhar para marcas desenvolvendo cole√ß√Ķes, compondo looks ou at√© figurinos para espet√°culos, eventos, programas de televis√£o etc. 

Se tiver uma pegada empreendedora, pode até criar a própria marca. Não é à toa que ter uma boa base em conhecimentos sobre arte, cultura, tecnologia e negócios também é muito importante.

Ainda, se destaca ainda mais aqueles que sabem trabalhar com fotografia, m√≠dias digitais e t√™m uma vis√£o de marketing. Entender bem sobre o mercado de moda, ind√ļstria t√™xtil, log√≠stica e/ou vendas √© algo que √© de grande ajuda para conseguir cargos mais altos.

5. Design Gr√°fico

Esta talvez seja a mais conhecida entre as √°reas do design. √Č o ramo respons√°vel por criar logotipos, identidade visual, projetos gr√°ficos, sistemas de sinaliza√ß√£o, r√≥tulos, marcas, embalagens.

Para isso, o designer precisa saber usar várias ferramentas de ilustração, editoração, tipografia, fotografia, entre outras técnicas.

Para se dar bem na profiss√£o √© preciso respeitar aspectos culturais, √©tnicos, tecnol√≥gicos e psicol√≥gicos do p√ļblico. √Č preciso ter repert√≥rio.

Se quiser ter sucesso nessa √°rea, vale a pena investir em conhecimentos de gest√£o, marketing e empreendedorismo.

Partiu ser designer?

Como você percebeu, dá para ser designer em diferentes áreas. Tudo vai depender do seu perfil, dos seus interesses e onde você se vê trabalhando no futuro. Já consegue ter uma ideia do seu curso superior?

Mas relaxa porque s√£o coisas que voc√™ vai descobrir aos poucos. Ler bastante sobre esses assuntos ligados √† carreira pode ajudar bastante a passar por esse dif√≠cil per√≠odo de escolhas. 

Precisa de uma força? Assine a newsletter da Belas Artes e receba novidades exclusivas sobre o mundo do trabalho e a vida na faculdade!

Postar coment√°rio