Quais são as habilidades desenvolvidas no curso de design de interiores?

Quais são as habilidades desenvolvidas no curso de design de interiores?
11 de abril de 2018 Belas Artes

curso de design de interiores

Todo designer deve ter um bom senso estético e criatividade alinhados com habilidades técnicas que são desenvolvidas ao longo de (e também após) sua formação. No entanto, você sabe que habilidades são essas para um designer de interiores?

Se você decidiu entrar no curso de design de interiores e não sabe muito bem quais as habilidades que são desenvolvidas nessa graduação, dê uma olhada neste artigo! Assim você fica por dentro de tudo estudará e poderá desenvolver enquanto aluno e posteriormente, como profissional.

O que oferece o curso de design de interiores

Durante a formação no curso de design de interiores, o aluno recebe a base de conhecimento necessária à sua prática profissional. Para que esse aluno desenvolva, e, futuramente, solidifique suas habilidades profissionais.

Por se tratar de um curso na modalidade bacharelado, durante oito semestres os alunos vivenciam disciplinas teóricas e práticas. Além do conhecimento integrado a outras áreas do design, como design gráfico e design de produto, que estão reunidas em um espaço com laboratórios e oficinas.

O ciclo de formação inclui desenho de observação, história do design, ergonomia, estética e felicidade, design e sustentabilidade, projeto de interiores, plástica, entre outros. O ciclo de profissionalização aborda disciplinas como design de móveis, ambientação dos objetos, saúde ambiental, semiótica e branding.

curso de design de interiores

Algumas habilidades técnicas do designer de interiores

São as habilidades técnicas aprendidas e desenvolvidas no curso de design de interiores que conferem ao futuro profissional, a competência de realizar intervenções de projetos nas edificações, em sua parte interna.

Para que sejamos mais específicos, veja alguns exemplos. O designer de interiores pode lidar com o revestimento de superfícies, como pisos, rodapés, papéis de parede, cerâmica e até mesmo pinturas. Ele também pode intervir nos rebaixamentos de teto e dar sugestões de pontos de iluminação.

Também é habilidade do designer de interiores, remanejar pontos elétricos e hidráulicos, sempre observando a concepção do uso dos espaços. Orientar e solicitar instalações de armários, gabinetes de cozinha, estantes, móveis sob medida e demais marcenarias também ficam a cargo do designer de interiores.

Design de Interiores x Arquitetura

A dúvida entre as duas profissões é bastante comum. Por isso, é importante diferenciar as habilidades desenvolvidas em cada um desses cursos. O aluno do curso de design de interiores, é preparado para atuar na ocupação de espaços com arquitetura pré-definida. A ideia é interagir com o trabalho do arquiteto para fornecer conforto e bem-estar às pessoas.

Somente o arquiteto pode fazer intervenções externas ou que sejam relacionadas a urbanismo, construção e planejamento urbano, por exemplo. Um designer de interiores não pode propor uma demolição ou construção de paredes, isso é função do arquiteto. O que o designer de interiores poderá fazer nesse caso, é sugerir o uso de divisórias, como as de madeira.

Portanto, o designer de interiores graduado poderá projetar e intervir nos espaços interiores projetados pelos arquitetos, já ocupados pelo homem, sempre de acordo com a ergonomia, estética, tecnologia, cultura e saúde. Visando necessidades individuais e coletivas.

Agora que você já sabe as habilidades referentes aos designers de interiores, conte o que achou deste artigo aqui nos comentários!

Top