Como ser arquiteto: conheça as opções de mercado para essa área

Como ser arquiteto: conheça as opções de mercado para essa área
3 de janeiro de 2018 Belas Artes

como ser arquiteto

Foram anos de estudos, noites mal dormidas, um monte de maquetes e projetos, horas e horas modelando no CAD, mas finalmente você está formado em arquitetura e urbanismo. Agora está para começar outra fase na sua vida: enfrentar o mercado de trabalho.

O mercado de trabalho para os profissionais formados em arquitetura e urbanismo é bastante amplo, diversificado e inovador. Estar antenado às tendências, ter criatividade e iniciativas irreverentes são diferenciais em como ser arquiteto.

Na sua formação em arquitetura e urbanismo você vai aprender a como ser arquiteto para atuar nas diversas áreas como desenvolvimento e planejamento urbano, habitação social, restauração, design de interiores, topográfica, cenografia, consultoria, pesquisa, educação, dentre tantas outras.

Confira a seguir como ser arquiteto, conhecendo as opções de mercado para atuar.

Iniciativa privada

É bem provável que no início da sua carreira você vai atuar na iniciativa privada. Você vai ver como ser arquiteto trabalhando em escritórios de arquitetura ou em outras empresas que demandem por seus serviços, como por exemplo, demais empresas que precisem de alguém para projetar e organizar layouts de ambientes internos.

Outro setor da iniciativa privada que pode contratar bastantes arquitetos é a área de construção civil. Mesmo com a desaceleração da área, ainda tem bastante espaço para arquitetos. Por exemplo, pequenas construções de edifícios ou até mesmo reformas que demandam pela mão de obra de um arquiteto continuam a todo vapor.

como ser arquiteto

Repartições públicas

Também tem como ser arquiteto em repartições públicas. Se esse é o seu desejo, prepare-se para continuar estudando bastante por alguns anos para passar naquele concurso dos seus sonhos, que pague bem e tenha um trabalho recompensador.

No setor público você, como arquiteto, vai poder trabalhar com a emissão de laudos técnicos, regularização fundiária e preservação e conservação de monumentos e patrimônios históricos. Além dessas funções, também é possível trabalhar na organização e planejamento urbano da cidade, no aproveitamento de áreas para construção de moradias populares e no planejamento e urbanização de espaços degradados.

As opções são muitas e a concorrência também. Para conquistar uma vaga no setor público, tenha em mente que você vai precisar estudar bastante para conseguir passar em um concurso bom, recompensador financeiramente e desafiador profissionalmente.

Como ser arquiteto tendo carreira solo

Você também tem como ser arquiteto trabalhando por você mesmo. Como assim? Como se fosse uma carreira solo mesmo. Você pode montar seu próprio escritório de arquitetura e gerenciar seus projetos e clientes.

Se essa for uma opção tentadora para você, prepare-se para uma jornada bastante emocionante. A concorrência é grande e ser dono do seu próprio negócio vai demandar bastante planejamento, principalmente financeiro. O início de carreira pode ser um grande desafio e demandar de você muito jogo de cintura para conquistar os clientes. Lembre-se que sua criatividade e suas referências vão ser suas assinaturas e diferenciais no mercado de trabalho.

Além de planejar, gerenciar e projetar, você também pode atuar como consultor. Ajudar seus clientes a desenvolverem iniciativas que agreguem valor aos seus projetos pode ser um bom caminho. Por exemplo, você pode atuar como consultor para melhorar o aproveitamento energético de um edifício, ou otimizar a utilização de espaços.

Muitas são as opções para atuar no mercado de arquitetura e urbanismo. Ficou animado? Compartilhe conosco nos comentários qual a área de atuação que você pretende seguir como arquiteto. Ficou com alguma dúvida? Fale com a gente! Estamos aqui para ajudá-lo!

Top