Designer de interiores: onde esse profissional pode trabalhar?

Designer de interiores: onde esse profissional pode trabalhar?
20 de dezembro de 2017 Belas Artes

designer de interiores

Quem está se preparando para ingressar na faculdade em 2018 sabe o quanto é importante conhecer bem o centro de ensino, o curso e o mercado de trabalho. A junção desses pontos é que vai ajudar você, jovem estudante, a escolher a sua carreira.

Quem sonha em atuar como designer de interiores, além de encontrar um curso legal, com uma matriz curricular completa, docentes qualificados e uma infraestrutura que sirva como base para o desenvolvimento de projetos, deve também ampliar os seus conhecimentos sobre as áreas em que o designer de interiores pode trabalhar.

Ficou curioso para saber como é o dia a dia desse profissional? Então, veja na sequência as oportunidades de mercado para o designer de interiores e inspire-se!

Saiba como é a rotina do designer de interiores

Ao entrar na faculdade de design de interiores, você aprenderá a propor soluções para ambientes diversos, observando fatores importantes como cultura, identidade, conforto, funcionalidade, tecnologia e estética.

Com uma formação completa e dinâmica, o designer de interiores poderá trabalhar como um curador na escolha dos melhores objetos para a composição de um interior, estando apto para definir o estilo, móveis, objetos decorativos, objetos de arte, materiais, cores e estruturas, distribuindo-os de forma harmoniosa no espaço projetado, deixando tudo lindo e agradável para os clientes.

Conheça as oportunidades no mercado de trabalho

Agora que você já sabe como é o trabalho realizado pelo designer de interiores no dia a dia, é interessante conhecer também as oportunidades que esse profissional encontrará no mercado de trabalho. Se essa é a sua dúvida, fique de olho, pois vamos mostrar na sequência as etapas da carreira do designer de interiores:

designer de interiores

Ingresso no mercado

Durante a graduação de design de interiores, o universitário poderá atuar como estagiário ou assistente. Geralmente, essas oportunidades iniciais surgem em incorporadoras e escritórios de arquitetura e design. O interessante dessa experiência é que o jovem pode colocar em prática os conhecimentos técnicos aprendidos na faculdade e ainda ampliar o seu repertório com profissionais que já atuam no mercado e que serão os seus mentores.

Profissionais formados

Após concluir a graduação, o designer de interiores poderá atuar fazendo o planejamento e a execução de projetos residenciais, comerciais e industriais. Nesse mercado, o profissional pode trabalhar como assessor para a escolha dos materiais, mobília e artigos de decoração. Chique, né? Se preferir, o designer de interiores pode abrir o seu próprio escritório para oferecer esse serviço diretamente para os clientes.

Mas, se você é daqueles que adora os meios de comunicação, saiba que também é possível trabalhar como designer de interiores nesses canais. O profissional pode produzir editoriais para a internet, revistas e jornais especializados no segmento. Os escritórios de arquitetura também oferecem muitas oportunidades para o designer de interiores.

Além dessas opções, você, futuro designer de interiores, ainda pode fazer uma especialização em fotografia ou design digital e novas mídias, ampliando o seu leque de oportunidades de trabalho.

Curtiu os locais onde o designer de interiores pode trabalhar? Se essa é a profissão que você sonha em seguir, nós te convidamos para conhecer um pouco melhor o curso de design de interiores. Clique aqui e acesse.

 

Top